Você Não Está no Controle da sua Vida – Seu Inconsciente Está

Nossas escolhas, nossas ações, nosso comportamento, tudo o que faz ser quem somos raramente é consciente. Isso acontece porque nossa mente é uma máquina cujo funcionamento pode ser resumido a dois grandes objetivos: fugir da dor e perseguir o prazer.

Usando isso como molde para construções emocionais, vamos pela vida, aprendendo a lidar com situações, emoções, descobrindo desejos, vontades, aprendendo sobre a dor e o prazer. E quanto mais crescemos, mais complexo esse sistema vai ficando, mais complexas vão ficando as formas de nos defendermos da dor e irmos atrás do prazer, tão complexas que já não conseguimos mais perceber.

Nesse funcionamento, nossa mente é expert na arte de economizar energia. Um comportamento é uma série complexa de processos cognitivos internos funcionando de forma otimizada. Olhemos o processo da Escrita como um exemplo. Quando criança, é uma tarefa difícil, criar coordenação motora suficientemente precisa pra segurar e manipular um lápis e, então, praticar riscos que, eventualmente, serão interpretados como letras, sílabas, palavras, etc.
No começo era muito difícil, mas depois de alguns anos nem precisamos mais pensar. O mesmo vale para andar de bicicleta, dirigir um carro.
Gastamos uma energia considerável para aprender, mas uma vez aprendido, a mente otimiza, deixando automático, para que gastemos o mínimo de energia necessária para realizar aquela tarefa.

O mesmo vale para traumas, pra depressão, pra tom de voz, pra tomar banho, para a vida. Aprendemos uma série de processos complexos e otimizamos, deixando-os automáticos.

A parte da mente que controla esses processos automáticos é a mente inconsciente. Ela é responsável por aproximadamente 95% do nosso funcionamento, indo desde o controle da dilatação da pupila até uma resposta irracional de medo ou raiva perante um evento externo.

Em outras palavras, quem comanda nossa vida é a Mente Inconsciente.

No funcionamento cotidiano, não conseguimos perceber esse funcionamento, pois a mente inconsciente não está sujeita à observação racional e lógica da mente consciente. Daí ser tão difícil exercer qualquer tipo de auto controle sobre uma Fobia, por exemplo, ou uma Depressão, ou aquele chocolate irresistível.

A melhor forma de trabalhar esses processos do inconsciente é usar ferramentas que trabalhem diretamente com ele. A Hipnose é uma das melhores abordagens que existe para trabalhar e modificar processos inconscientes.

Da mesma forma, auto-hipnose é uma forma poderosíssima de entrar em contato com o próprio inconsciente, dirigindo, ao nosso favor, seu interminável poder de executar processos.

Dia 23 de Setembro iniciaremos mais uma edição do Curso Prático de Auto-Hipnose, a única edição do ano a ser feita aos sábados. Para mais informações sobre o curso, valores e inscrição, clique aqui.

jamas-thumbnail

Sobre o Autor - Thiago Jamas

Atua como Hipnoterapeuta e ministra cursos, palestras e workshops na área de Desenvolvimento Pessoal utilizando Hipnose e Programação Neurolinguística como principais ferramentas.

Estudante de Hermetismo, está sempre buscando transmitir tudo o que aprende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *