Sabbath de Ostara

No hemisfério sul a primavera começa no dia 22 de setembro, quando nos despedimos do inverno e podemos ver, após o degelo, a vida brotando e as cores trazidas pelas flores. Neste momento somos convidados pela natureza a celebrar a vida e a fertilidade no Sabbat de Ostara.

Quando os povos antigos celebravam o equinócio da primavera o faziam em homenagem à deusa Eostre ou Ostara, oferecendo pães e bolos, decorando e escondendo ovos. Esse costume permanece vivo na festa da Páscoa, que também é simbolizada pelo animal preferido da deusa, a lebre.

O dia e a noite passam a ter a mesma duração, relembrando-nos do equilíbrio entre o Deus (Sol) e a Deusa (Lua), o masculino e o feminino. Em Ostara são plantadas as sementes escolhidas em Imbolc (festividade que celebra o auge do inverno) e tem início o processo de germinação.

Podemos aproveitar esse momento para fazer brotar em nós tudo aquilo que almejamos, colocar projetos em prática e aprender a amar e reverenciar a vida que existe dentro e fora de nós. Essa festividade solar nos presenteia com uma excelente oportunidade de entrarmos em contato com nossa criança interior, exercitando e praticando a criatividade para vivermos com mais alegria.

Ostara-Egg

Em Ostara é importante lembrar que a colheita virá de acordo com o que plantamos, mas também dependerá do cuidado, amor e atenção que dedicamos ao plantio. Assim como uma planta, para colhermos bons frutos e apreciarmos belas flores precisamos regar e nutrir nossos projetos e intentos.

Seeding

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *